Biografia de Bento Odilon Moreira e sua história com a EBM

Em 2021 a EBM Desenvolvimento Imobiliário completou 40 anos de história. O começo dessa trajetória de sucesso se deve, principalmente, a Bento Odilon Moreira, fundador da empresa. Para homenageá-lo e…

Em 2021 a EBM Desenvolvimento Imobiliário completou 40 anos de história. O começo dessa trajetória de sucesso se deve, principalmente, a Bento Odilon Moreira, fundador da empresa. Para homenageá-lo e manter a história guardada para a família e amigos, Bento Odilon Moreira Filho, o filho mais novo da família, decidiu, junto aos irmãos mais velhos, registrar em livro toda a caminhada do pai. Meu Negócio é Tijolo é a biografia que conta a vida do patriarca da família Moreira e seus projetos, principalmente voltado para o mercado imobiliário. 

Primeiros passos em Goiânia

Bento Odilon Moreira nasceu em Grajaú, cidade no interior do Maranhão, em 1923 e é o segundo filho de Taurino e Antônia. Por volta dos 20 anos de idade, Bento decidiu mudar de cidade e se aventurar na busca por melhores condições de vida fora do Maranhão. Em sua biografia, escrita por Iúri Rincon Godinho, Bento saiu do Maranhão em direção a Goiânia, pois se sentiu atraído pela cidade no meio do país, via muito potencial de vida na região. 

Bento deixou o Maranhão em 1942 rumo a capital de Goiás com muitos anseios, entre eles perseguir seus sonhos, estudar e alcançar um lugar ao sol, como ele mesmo conta em texto escrito na época. Fez parte da viagem montado em uma mula por dias, além de percorrer de balsa por algumas cidades do Tocantins. Por fim, foram 34 dias de viagem até seu destino.  

Pouco tempo depois em Goiânia conseguiu um trabalho como funcionário do Estado. No entanto, continuou tentando outros empregos por considerar o cargo inseguro, já que dependia da política. Aproveitou a mudança para terminar os estudos, além de se matricular no Liceu, um dos colégios mais renomados na capital. Também passou a frequentar o Jóquei Clube, espaço bastante popular entre os anos 40 e 50.  

Biografia destaca casamento, família e carreira profissional

Na vida de Bento as coisas fluíam bem, havia conquistado muito desde sua chegada a Goiânia. Por volta de 1948 conheceu o amor de sua vida, Guiomar. O casamento dos dois aconteceu poucos meses após o começo do namoro e eles estavam muito felizes. Além disso, logo em seguida ao casamento, Bento Odilon também prestou um novo concurso, alcançando um cargo ainda melhor no Ministério da Fazenda.

Ainda com o casamento e a carreira estáveis, Bento entrou na faculdade de direito em 1949. Era um homem estudioso e trabalhador, além de dedicado ao casamento e a construção de sua família. Entretanto, apesar da conclusão do curso em 1953, não ligava tanto para esse segmento da carreira, seus planos profissionais eram outros. Por isso, decidiu concorrer mais uma vez a cargos melhores no Ministério da Fazenda.

Após passar para o novo cargo, planejava investir no futuro da família e garantir o futuro dos filhos que chegariam nos próximos anos. Sendo assim, começou a investir em lotes em algumas regiões de Goiânia. Em 1950 foi pai pela primeira vez, Tânia, sua filha mais velha nasceu em outubro daquele ano, pouco tempo depois, nasceu seu segundo filho Fábio Moreira. Em 1954 se tornou pai pela terceira vez com o nascimento de Élbio. Seu quarto filho, Rúbio, nasceu em 1971. Anos mais tarde, em 1976, Guiomar deu a luz ao caçula da família, com mesmo nome do pai nascia Bento Odilon Moreira Filho.

Aposta na construção civil

Em 7 de outubro de 1981, junto ao filho Élbio e o amigo Ary Alencastro Veiga criaram a Imobiliary Engenharia e Construções, no auge dos seus 57 anos. Alguns anos depois decidiu se aposentar do serviço público. Além disso, em sua biografia, também se destacam os momentos em família e a preocupação de Bento com os filhos e com a esposa, mesmo com o investimento na construtora.  

A Imobiliary progredia no mercado imobiliário, mas algumas divergências de gestão entre os sócios causavam preocupação em Bento. Por isso, alguns anos após a sociedade, Élbio decidiu comprar a parte de Ary e mudar o nome da empresa para EBM, iniciais de seu nome e sobrenome da família. Em 1993, Bento organizou a separação dos bens entre os filhos, logo, a EBM se tornou 70% de Élbio e 30% do filho mais novo, Bento Odilon. 

Após a saída do pai na sociedade da empresa, Élbio e Odilon continuaram na gestão da organização, que permanece até hoje, 2022. Ambos estão à frente da incorporadora, como presidente e vice presidente. O pai, Bento Odilon Moreira, sempre ficava surpreso com o crescimento da empresa, com a quantidade de funcionários e se preocupava em como os filhos iriam conseguir gerir tudo. E conseguiram.  

Com Élbio e Odilon, a EBM Desenvolvimento Imobiliário está entre as maiores empresas do mercado imobiliário, com pouco mais de 40 anos de atuação. Todo o empenho, dedicação e qualidade da empresa já foram reconhecidos com prêmios nacionalmente desde então. 

A biografia segundo Bento Odilon Moreira Filho

Bento Odilon Moreira Filho, filho mais novo e também responsável pelo desenvolvimento da biografia, conta que a ideia surgiu em conversa com um amigo, que considerava a história interessante de ser registrada.  

Alguns acontecimentos são marcantes para o filho: o imóvel da família na Rua 23, no centro da cidade, segue sendo até hoje referência em arquitetura para de Goiânia, casa essa considerada por Bento como muito moderna. Atualmente o imóvel está alugado para uma agência bancária. Além disso, destaca-se a amizade com Pedro Ludovico Teixeira, governador do Estado entre os anos 30. Nessa época, Bento era, além de amigo, responsável por funções como declarar o imposto de renda do governante. 

Outra característica ressaltada pelo filho caçula, descrita no decorrer da biografia, é a preocupação com a família, esposa e filhos. Bento foi um homem preocupado com as finanças e com o bem-estar daqueles que amava, por isso, até mesmo após a estabilidade financeira conquistada, não gostava de gastar. 

Mais um pouco sobre o livro 

A biografia demorou cerca de seis meses para ser finalizada, pois exigia pesquisas e coletas de entrevistas com a família e amigos próximos a Bento. Além disso, o intuito da história e do livro não é ser vendida, isso porque, o registro deve permanecer apenas com a família. “Meu Negócio é Tijolo” tem quinhentos exemplares impressos e cada filho detém 100 copias para dar à família e amigos. 

O livro “Meu Negócio é Tijolo” foi idealizado pelo seu filho mais novo, Bento Odilon Moreira Filho. A intenção, segundo ele, era eternizar a história do pai, já que era rica em informações interessantes e uma trajetória inspiradora. Para ele, muitas vezes as informações se perdem, por isso, escrever e deixar registrado se tornou uma alternativa de também passar as memórias pela família e amigos. 

Além da participação de Bento Odilon Moreira Filho, a biografia conta ainda com a participação do biografo responsável Iúri Rincon Godinho, dos outros filhos, da família e dos amigos que Bento cultivou ao longo da vida. Para o filho mais novo, a escrita é uma forma de manter vivo um pouco do pai.

O que achou de conhecer um pouco mais da história da EBM? Aproveite para ler também um pouco mais sobre o Jardim América.

Fechar

Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp.

WhatsApp Voltar ao topo